logo

Quem somos

Queremos contribuir no desenvolvimento do seu negócio oferecendo sempre mais, com menor prazo, custo e melhor qualidade.
comercial@dgm.com.br
+55 (11) 3791-1541

Como fica a gestão corporativa em meio à transformação digital?

Como fica a gestão corporativa em meio à transformação digital?

 Dentro das empresas surgem novas atividades que transformam as tarefas de cargos que já existiam, que agora ganham nova roupagem.

 

Estamos vivendo um momento de transformação digital. E o mais surpreendente é que ela ocorre em uma velocidade impressionante, posso dizer que essa é uma fase totalmente disruptiva, um movimento nunca observado antes.

 

Dentro das empresas, presenciamos o surgimento de novas atividades, que transformam as tarefas de cargos que já existiam, mas que agora ganham nova roupagem, como por exemplo o CIO, que passa a ser responsável pela integração de produtos e soluções conectados à inovação, sendo parte imprescindível do planejamento empresarial e não apenas aquele que implanta tecnologias.

 

Atividades como marketing e vendas também estão de cara nova, passando a ser totalmente entrelaçadas com a tecnologia. Vender deixou de ser apenas arte e agora é ciência também. Conhecer o cliente, seus hábitos e expectativas são atividades facilitadas com ferramentas de análise de dados, por exemplo, que permitem entregar produtos/serviços específicos e que atendam o esperado. Por isso, é fundamental que as organizações adequem suas estratégias para um mundo de negócios digitais.

 

O momento de inserção da transformação digital é definitivo, um verdadeiro caminho sem volta. Apesar de estar presente em muitas organizações, ela ainda não está difundida de maneira uniforme em todos os setores. Mas é preciso que isso aconteça de forma rápida, pois, sua importância é tanta, que afeta todos os níveis da empresa.

 

Os principais benefícios da transformação digital para as organizações são o aumento da eficiência na produtividade, pois graças a automatização de alguns processos, o índice de erros é diminuído drasticamente, e ainda há a possibilidade do controle efetivo de algumas ações. A redução de custos também é perceptível, dessa forma é viável elevar a competitividade e aumentar qualidade em determinados serviços.

 

Mas para isso é preciso planejamento e não apenas uma implantação desenfreada de uma solução. E um fato que assusta, é que apesar de considerarem a transformação digital um fator importante ao negócio, muitos executivos ao menos estão preparados para recebê-la. Alguns sequer acreditam que negócios digitais serão o único tipo de empresa existente em alguns anos.

 

Diversas atividades passaram a ser informatizadas, principalmente as que não agregam valor, alterando assim todo o fluxo e rotina de trabalho dentro de uma empresa. Além disso, acontece uma transformação nos processos, que chega a possibilitar uma melhor experiência do cliente com relação aos serviços/produtos oferecidos.

 

Logo, a transformação digital deve ser encarada como participante da estratégia empresarial, de forma a selecionar empresas que serão destaque frente ao mercado. E é claro que, diante de tanta inovação, a liderança deve sofrer alterações para se adequar ao novo momento.

 

Como fica a gestão?

Até aqui já ficou claro que a realidade agora dentro das empresas é transformadora, com processos inovadores, que implicam na mudança do modo como a gestão é feita. Contudo, alguns profissionais enfrentam dificuldades para se adequar a ela.

 

Por outro lado, muitos já se atentaram a essa nova realidade e temem que a concorrência mude sua forma de fazer negócio rapidamente, os deixando estarrecidos, e pior: fazendo com que percam uma considerável fatia do mercado.

 

Por isso, além de manter uma gestão que consiga reunir elementos positivos da transformação digital, é preciso que cada C-Level tenha claro consigo que caminhos estratégicos utilizados antes, agora não levam a lugar nenhum têm a mesma eficácia. E que a sua empresa precisa ser aquela que inova e deixa a concorrência boquiaberta.

 

Fica na conta dos executivos C-level a responsabilidade de criar uma cultura digital dentro das empresas, e essa deve ser uma ação contínua, buscando sempre otimizar processos, inovar e melhorar metodologias.

 

Um líder atualizado ajuda a fazer com que os demais colaboradores da empresa também vejam as melhorias ocasionadas pela inovação, aumentando o diferencial competitivo frente ao mercado ou em maior eficiência e qualidade de atendimento com relação aos clientes. O C-Level deve ter o papel de direcionar e influenciar a transformação digital dentro de uma organização.

 

Concluindo

 

Diante de um novo cenário empresarial e recentes exigências do mercado, é indiscutível a importância do papel do C-level com relação a posição que a empresa ocupará daqui pra frente. É fundamental que as operações digitais nas empresas evoluam constantemente.

 

O momento é de adaptação, e quem sabe até de, em partes, começar de novo alguns pontos. Levando em consideração como funcionam os novos modelos de negócios digitais, como a estratégia deve ser pensada de agora em diante e como englobar a empresa de uma maneira geral. E a partir daí sim, mergulhar na imensidão da transformação digital.

 

 

Fonte: http://computerworld.com.br/como-fica-gestao-corporativa-em-meio-transformacao-digital

 

 

DGM sabe a importância da tecnologia para sua empresa. E trabalhamos com foco em suas metas traçadas de entregas com qualidade, dentro do prazo determinado e budget determinado no Plano de Projeto. Entre em contato conosco e saiba mais.

Sem comentários

Enviar um comentário

Comentário
Name
Email
Website

Receba uma ligação



Cadastre-se no formulário abaixo e um de nossos consultores ligará para você.